×

Sesc Cidadania inicia o ano letivo com mais de 2.300 alunos

Escola da Inteligência, Educação Ambiental, Educação Financeira e Banda Sinfônica são alguns dos projetos da instituição

27 Jan 2020 11h42 atualizado 27 Jan 2020 11h46

O ano letivo de 2020 já iniciou no Centro Educacional Sesc Cidadania, em Goiânia. Mais de 2.300 alunos retornaram para as salas de aulas no dia 20 de janeiro. A instituição oferece aos seus educandos uma proposta arrojada e inovadora, visando uma educação que possibilite estruturar a formação dos jovens, preparando-os para o exercício pleno da cidadania.

Para isso, o Sesc Cidadania conta com vários projetos que contribuem com a formação dos alunos como a Escola da Inteligência, Educação Ambiental, Educação Financeira, Banda Sinfônica, Jogos Internos, Super Médio e Sesc Cidadania e o Mundo. Veja mais detalhes destes projetos que atendem o Ensino Fundamental e Médio da instituição:

Escola da Inteligência

A Escola da Inteligência é um programa que tem o objetivo de desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar. Fundamentada na Teoria da Inteligência Multifocal, elaborada por Augusto Cury, a metodologia promove, por meio da educação das emoções e da inteligência, a melhoria dos índices de aprendizagem, redução da indisciplina, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação da família na formação integral dos alunos. Todos os envolvidos, professores, alunos e familiares, são beneficiados com mais qualidade de vida e bem-estar psíquico.

Educação Ambiental

Em parceria com a Cooperativa dos Funcionários dos Sesc Cidadania (COOPREFESC), este projeto tem o intuito de fornecer uma Educação Ambiental aos alunos por meio de ações didático-pedagógicas e atividades de caráter popular e inclusivo, não limitado apenas ao ambientalismo, mas que atinge também as relações homem/natureza e indivíduo/sociedade.

Segundo a direção da instituição, é importante que na escola os alunos busquem soluções criativas e cientificamente fundamentadas na abordagem do tema. “Não basta tornar os alunos ecologicamente alfabetizados, é preciso fazê-los portadores de um sentimento inseparável do compromisso com a preservação da vida em todas as suas formas”, afirmou o diretor do Sesc Cidadania, Luiz Edgar Riekehr Junior.

Educação Financeira

Compreender os conceitos e as relações entre produto, serviço, consumidor e direitos básicos, assim como tornar os jovens consumidores conscientes, são alguns dos objetivos do projeto Educação Financeira. O programa tem parceria com a Caixa Econômica Federal e o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob).

Banda Sinfônica

A Banda Sinfônica do Sesc Cidadania tem um papel muito importante dentro da instituição por trabalhar a música como ferramenta complementar na construção do aluno, visando o papel social, educacional e musical.  A participação facultativa dos alunos na banda demonstra um real interesse pela música e pelo ciclo de amizade e companheirismo que são desenvolvidos entre eles no decorrer das aulas e ensaios dos grupos, fator importante no desenvolvimento de perspectivas de relacionamentos sociais na formação da individualidade.

Jogos Internos

Os jogos Internos do Centro Educacional Sesc Cidadania, o JICESC, tem por objetivo contribuir com o processo de educação do aluno por meio do esporte. O JICESC é voltado para todos os alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais, Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio.  São disputados jogos nas modalidades: voleibol, basquete, futsal, handebol, queimada, cabo de guerra, xadrez, salto em altura, salto em distância, bambolê, boliche, corrida do saco gigante, entre outras.

Super Médio

O Sesc Cidadania oferecerá, neste ano, o curso pré-vestibular Super Médio. O objetivo é que os alunos do Ensino Médio tenham oportunidade de aperfeiçoar as técnicas de redação e o aprofundamento dos conhecimentos nas diversas áreas do ensino. O curso será realizado no turno vespertino para os alunos de 3ª série do Ensino Médio.

Sesc Cidadania e o Mundo

O Projeto Sesc Cidadania e o Mundo tem o objetivo de tirar o aluno da sala de aula e proporcionar a ele uma viagem entre as diversas culturas e histórias presentes no planeta. Os educandos analisam a influência das culturas no ensino-aprendizagem e na construção de identidades a partir das diferenças, aprofundando o conhecimento e o conceito sobre a diversidade cultural na escola e na sociedade. O procedimento metodológico é de natureza qualitativa desenvolvida através de pesquisa bibliográfica exploratória sobre um determinado país e suas culturas.